Adoção Digital na era da Transformação Digital

Adoção Digital na era da Transformação Digital

Quanto você tem investido em novas features para seu produto digital?

Provavelmente você investe muito tempo, dinheiro, pessoas e esforço para lançar a melhor ferramenta possível para seus usuários, mas não vê resultados pois está focado apenas no produto em si e não na adoção destas novidades.

De acordo com pesquisas, 84% das empresas falham em implementar uma estratégia “tech-driven”. Isso acontece porque estas empresas não estão olhando para uma questão essencial: a Adoção digital.

Vivemos numa era de explosão tecnológica, mas, quanto dessa tecnologia você tem realmente aproveitado?

O que é adoção digital:

O conceito por trás da adoção digital é muito simples, fazendo uma tradução livre de um ótimo artigo da forbes, significa “Atingir um patamar onde todas suas ferramentas e ativos digitais são aproveitados ao seu nível máximo”.

Muito simples, não? Na verdade a situação é mais complexa. Pesquisando mais sobre o tema percebemos que a adoção digital normalmente ocorre em duas frentes principais: Para dentro da sua empresa e com seus consumidores.

A adoção digital interna

Vamos supor que você está utilizando uma ferramenta para alavancar os resultados do marketing via mídias sociais para seus colaboradores. Porém, você está utilizando esta ferramenta apenas para monitorar o disparo de novidades, nada além disso; a ferramenta possibilita muito mais que isso, mas você aproveita apenas uma porcentagem da sua capacidade máxima.

Por outro lado uma outra empresa utiliza exatamente a mesma ferramenta, com o mesmo propósito, porém utiliza ela no seu nível máximo de adoção. Monitora palavras-chave, utiliza automações para poupar tempo, segmenta usuários de acordo com a área, cria campanhas muito mais elaboradas e assertivas. Esta empresa conseguiu atingir o nível máximo da adoção digital, estão utilizando sua ferramenta no nível máximo que ela possibilita. Quem você acha que terá resultados melhores?

Este é um pequeno exemplo de um simples produto, agora pare e pense em todas as ferramentas que você contratou e que está utilizando apenas uma pequena fração dela.

O outro lado da adoção digital: A visão dos consumidores.

Vamos dar aqui um outro exemplo: Vamos supor que você possui uma loja de roupas e criou um super aplicativo para vendas online. Este aplicativo possibilita diversas coisas: Compras, entrega em casa, retirada no local, provador virtual, aluguel, etc. Suas vendas aumentaram muito com este novo aplicativo,  mas você percebe que poderiam ter crescido muito mais. Isso acontece pois apenas uma parcela do seu produto está sendo usado: As pessoas estão utilizando apenas a feature principal do seu aplicativo que é a venda virtual de roupas com entrega em casa. Você não treinou as pessoas direito dentro da sua ferramenta para que elas utilizem a mesma no seu mais alto nível de adoção digital. 

Pense quantas pessoas deixam de comprar pois não sabem se a roupa será do tamanho ideal, ou que queriam apenas alugar por uma noite mas não sabem que você também oferece este serviço.

Você gastou muito dinheiro, é verdade, conseguiu muito retorno, porém este retorno poderia ser muito maior se investisse em adoção digital.

Em outras palavras

Precisamos saber diferenciar o termo transformação digital e adoção digital.

O primeiro está muito a introdução de novas tecnologias em nossas vidas: quantos aplicativos você tem no celular?, quantas ferramentas você usa no seu trabalho? A resposta provavelmente é: infinitamente mais do que 10 anos atrás. Exatamente, esta é a transformação digital, significa reescrever todo o processo da sua empresa (ou vida pessoal) para se adaptar ao novo mundo digital.

Já a segunda vai ainda mais além: OK, você tem vários aplicativos no seu celular: mas, quantos deles você sabe realmente utilizar, quantos deles você sabe que não se sobrepõe a outros que você também possui e, muitas vezes, pagou por eles? As mesmas questões se transferem para a esfera dos negócios, quantas ferramentas você está pagando, está vendo retorno, mas poderia ter um ROI muito maior ou poderia utilizar menos ferramentas (pagar menos), se tivesse utilizando cada uma delas no seu nível máximo de adoção?

Estas são questões que devem ser respondidas com muita calma, uma análise profunda das suas principais ferramentas deve ser feita, principalmente contendo os principais desafios da adoção digital.

Os desafios da adoção digital:

Os principais desafios da adoção digitais são aqueles que, se ultrapassados, você conseguirá atingir o nível máximo da adoção no produto em questão. Gosto de separar 5 deles, são 4 perguntas que se você souber responder, já deu um passo enorme em direção ao futuro da sua empresa.

  1. Atenção das pessoas: Com tanta distração, como fazer para capturar a atenção das pessoas e fazer elas notarem seu novo produto?
  2. Educar/treinar os consumidores ou colaboradores: Como treinar as pessoas para que utilizem todas as features do seu produto da forma correta?
  3. Suporte: As pessoas querem utilizar seu produto, estão aprendendo a fazer tal, as dúvidas surgem naturalmente – como saná-las?
  4. Software muito complicado: Seu software é realmente muito complicado? poderia ser diferente? de forma que as pessoas se sintam mais confiantes em usá-lo? Lembre-se o valor final de uma proposta não importa nada se as pessoas não chegarem até ele.

As vantagens da adoção digital:

Eu te trouxe 4 desafios da adoção digital, nada mais justo que também trazer 4 benefícios que, com certeza, vão fazer você valorizar ainda mais o tema:

  1. A adoção digital é uma vantagem competitiva muito clara: Lembra dos meus exemplos? Vamos supor que seu concorrente tem um produto idêntico ao seu, mas diferente de você, os usuários deles utilizam a ferramenta como um todo. Quem você acha que está com a vantagem?
  2. O treinamento para adoção digital é flexível e personalizável: como te falei um dos desafios da adoção digital é o treinamento e educação. Por incrível que pareça, podemos ultrapassar essa barreira rapidamente. Facilmente é possível treinar as pessoas de forma segmentada, fazer com que elas recebam apenas as informações que são necessárias para que atinjam seus objetivos dentro da ferramenta e nada mais.
  3. Adoção digital suporta uma audiência muito grande: Dados são o ativo mais importante no dia de hoje, pessoas utilizando mais sua ferramenta geram uma quantidade de dados muito maior do que utilizando apenas uma fração da mesma. Obtenha dados, ganhe conhecimento, segmente, direcione e veja seus resultados decolarem!
  4. A adoção digital é combustível para o crescimento acelerado: Como exemplificado, a adoção digital possibilita fazer mais com muito menos. isso significa fazer mais com seu produto ou com o produto que você contratou, fazer mais com menos dinheiro investido, fazer mais com menos tempo. 

Concluindo…

A adoção digital é o futuro, do que adianta ter investido muito dinheiro em novas ferramentas e features se as pessoas não utilizam elas como deveriam. Tenha a certeza que seus investimentos não tenham sido em vão, que você pode poupar tempo, dinheiro e ferramentas e ainda assim ter resultados muito maiores. Focar na adoção digital é focar em resultados, é focar no futuro!

 

Comentários

comments

Próximo Post
Esse Post Foi Escrito Por